Gerente de Integridade da Eletrobras Alagoas conquista Certificação Profissional em Compliance

16 de maio de 2018

16 de maio de 2018 Destaques,Notícias Vandejer Adrian Melo das Chagas Filho

Gerente de Integridade da Eletrobras Alagoas conquista Certificação Profissional em Compliance

 

Estar em conformidade é uma das principais e constantes buscas da Eletrobras Distribuição Alagoas. No início de maio, a gerente de Integridade da Distribuidora, Ylmara Torres, conquistou a certificação Profissional em Compliance. O reconhecimento traz diversos benefícios, tanto ao profissional certificado, quanto para a Empresa, e, ainda, ao mercado de trabalho no seguimento de Compliance, na medida em que eleva sensivelmente o padrão técnico de seus participantes.

Com validade de dois anos, a Certificação Profissional em Compliance Anticorrupção (CPC-A), da LCB (LEC Certification Board), em parceria com a FGV Projetos, atesta, por meio de uma prova, que o candidato aprovado possui  conhecimentos relevantes em Compliance e que está apto a colocar em prática as técnicas de conhecimento na Empresa. Por isso, a Eletrobras tem se destacado pelas boas práticas de Integridade desenvolvidas tanto junto a seus colaboradores como com seus clientes.

“A importância dessa certificação é o fato de testar e atualizar o conhecimento, além de adequação às necessidades do mercado, enquanto profissional da área de Compliance. Quanto à Empresa, ter um bom técnico gera benefícios diretos e indiretos de diferenciação no meio empresarial, além de agregar maior credibilidade, principalmente se for sob a égide da integridade e da ética”, destacou Ylmara Torres.

COMPLIANCE – O programa de Compliance visa incentivar os colaboradores da Distribuidora a praticar atitudes íntegras e em conformidade com as regras da Lei 12.846/2013. A lei é regulamentada pelo decreto 8.420/2015 e prevê punição tanto para pessoas físicas como jurídicas envolvidas em práticas irregulares.  Nela são tipificadas dois tipos de corrupção: a passiva, quando alguém recebe propina para beneficiar outrem e a ativa, quando alguém oferece propina para ser beneficiado.

Desde 2010, as empresas do Sistema Eletrobras trabalham de forma integrada e única com a utilização de um só Código de Ética. Fruto de uma realização conjunta, de um trabalho compartilhado e com o mesmo objetivo, o documento foi criado para unificar e sistematizar procedimentos que possam resultar em melhores práticas de comportamento por parte de todos os empregados.