CARTILHA DE CONSUMO CONSCIENTE

Ar-condicionado consciente:

– Portas e janelas devem estar sempre fechadas.

– Na hora da compra, sempre escolha os aparelhos que possuem o Selo Procel ou são classificados na categoria “A”.

– O aparelho precisa estar instalado em local alto, sem obstáculos para a ventilação e sempre protegido do sol.

– Manutenção é essencial. Filtros sujos e vazamento de gás aumentam o consumo.”

 

Chuveiro elétrico consciente:

– Mantenha na posição verão, assim você gasta até 40% menos energia.

– Controle a temperatura e o tempo. Quanto mais quente e demorado, mais energia se gasta. Evite o desperdício.

– Na hora da compra, sempre escolha os aparelhos que possuem o Selo Procel ou são classificados na categoria “A”.

– Não faça remendos ou adaptações na resistência. Além de perigoso, aumenta o consumo de energia.

– Só instale o chuveiro elétrico com aterramento.”

 

Máquina de lavar consciente:

– Acumule mais roupas para sempre utilizar a capacidade máxima do equipamento.

– Sempre coloque a quantidade correta de sabão; dessa maneira não é preciso repetir a operação de enxágue.

– Mantenha o filtro sempre limpo.

– Na hora da compra, sempre escolha os aparelhos que possuem o Selo Procel, ou são classificados na categoria “A”.

 

Ferro Elétrico consciente:

– Reúna uma boa quantidade de peças e passe todas de uma só vez.

– Verifique a indicação de temperatura para cada tipo de tecido.

– Primeiro, passe as roupas pesadas. Por fim, desligue o ferro e aproveite a temperatura para passar as roupas mais leves.

 

Geladeira consciente:

– Só abra a geladeira quando realmente precisar.

– Não guarde alimentos quando ainda estão quentes.

– Confira regularmente se as borrachas de vedação estão em bom estado.

– Caso o seu equipamento não seja frost free, faça o degelo periodicamente.

– Não deixe as prateleiras totalmente cobertas.

– Não estenda roupas ou panos na parte de trás do equipamento.

– Nunca instale a geladeira próxima a locais quentes. Escolha locais longe de fogões e que não estejam expostos ao sol.

– Na hora da compra, sempre escolha os aparelhos que possuem o Selo Procel ou que são classificados na categoria “A”.”

 

Luz consciente:

– Sempre use lâmpadas de LED ou fluorescentes compactas.

– Nunca deixe ambientes desocupados com à luz acesa.

– Tente usar ao máximo a luz do sol e o ar natural. Manter janelas e cortinas abertas durante o dia é uma boa opção para diminuir o uso das lâmpadas.

– Prefira cores claras ao pintar tetos e paredes; elas ajudam a refletir a luz e tornar a iluminação mais eficiente.”

 

Televisão consciente:

– Não deixe a televisão ligada quando ninguém estiver assistindo.

– Evite deixar o equipamento no modo stand by, pois eles continuam consumindo energia.

– Escolha aparelhos com tamanho e potência que atendam à sua necessidade.

– Controle o uso dos aparelhos, não ligue, vários desnecessariamente ao mesmo tempo.

– Na hora da compra, sempre escolha televisores que possuem o Selo Procel ou são classificados na categoria “A”.”

 

Ser consciente também é ser seguro:

  1. Use protetores nas tomadas, principalmente se elas estiverem ao alcance de crianças.
  2. Não empine pipas perto da rede elétrica. Escolha lugares abertos e livres de fiação.
  3. Desligue o disjuntor geral sempre que for desocupar a casa por vários dias.
  4. Cuidado ao manipular escadas, vergalhões e andaimes. Nunca os utilize perto da rede elétrica.
  5. Verifique o estado de conservação dos fios e nunca os deixe desencapados.
  6. Nunca toque em eletrodomésticos com as mãos molhadas ou os pés descalços.
  7. Em caso de falta de energia, sempre tire os aparelhos das tomadas.
  8. Durante tempestades, evite o uso de aparelhos elétricos.
  9. Nunca faça ligações clandestinas. Além de perigoso, fazer gato é crime.”

“10. Nunca suba em postes com rede elétrica; em caso de necessidade, chame a Eletrobras.

  1. Não faça podas de árvores que estão próximas à fiação elétrica.
  2. Nunca se aproxime de fios que estão soltos ou caídos na rua. Ligue imediatamente para a Eletrobras.
  3. Antenas de televisão nunca devem ser instaladas próximas à rede elétrica.
  4. Nunca solte fogos de artifício ou acenda fogueiras perto de cabos, postes e transformadores.
  5. Não sobrecarregue as instalações elétricas residenciais. Evite o uso de “T” ou benjamim para ligar vários aparelhos em uma mesma tomada.
  6. Faça a instalação de uma malha de aterramento na sua residência para aterramento na sua residência para proteger os aparelhos elétricos.”

 

Quem é consciente tem direitos. Saiba quais são:

– Receber a conta de luz em até 5 dias úteis antes do vencimento.

– Ser comunicado, na fatura, de um corte de energia por falta de pagamento, com dias de antecedência.

– Poder escolher uma entre 6 datas para o vencimento da sua conta de energia.

– Ser informado de uma eventual interrupção programada de fornecimento de energia com 72 horas de antecedência por jornal, rádio ou outro meio de comunicação.

– Ser informado sobre as interrupções programadas com antecedência mínima de 5 dias úteis, por meio de documento escrito e individual, quando existir, na unidade consumidora, pessoa que use equipamentos elétricos indispensáveis para a vida.

– Ter a energia religada no prazo máximo de 24 horas em área urbana e  horas em área rural, após comprovado o pagamento de fatura atrasada. 

– Ser ressarcido no prazo máximo de 45 dias, a partir da data de solicitação, em caso de problemas na prestação do serviço de energia.

– Receber orientações sobre o uso eficiente da energia elétrica para reduzir desperdícios e garantir a segurança.

– Dispor de serviço de atendimento gratuito 24 horas por dia, durante os 7 dias da semana, para solução de problemas emergenciais.

– Ser informado nas contas de energia sobre a existência de faturas não pagas.

– Ser informado na fatura do percentual do reajuste da tarifa de energia elétrica e data de início de sua vigência.

– Receber o crédito estabelecido em regulamentação específica, se houver uma suspensão indevida do fornecimento.

– Receber a importância monetária por meio da fatura de energia se houver descumprimento dos padrões técnicos e comerciais estabelecidos pela Aneel, por parte da distribuidora.

– Ter sua energia ligada, sem nenhum custo, no máximo em até 4 horas, a partir da constatação de erro pela Eletrobras.

– Para que haja a suspensão do fornecimento de energia, o consumidor deve ser informado sobre questões de pagamentos, custos de disponibilidade e condições de encerramento da relação contratual.

– Receber informações sobre o direito à Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e sobre os critérios e procedimento para a obtenção do benefício.

– Receber até o mês de maio a declaração de quitação anual de débitos  do ano anterior referente ao consumo de energia elétrica.”

 

Quem é consciente também tem deveres. Saiba quais são:

– Conservar a segurança das instalações elétricas na sua residência ou empresa.

– Ressarcir a distribuidora dos investimentos realizados para o fornecimento da unidade consumidora e não amortizados, exceto os realizados em conformidade com o programa de universalização dos serviços.

– Guardar e conservar os equipamentos de medição instalados na propriedade.

– Deixar livre a entrada de colaboradores da Eletrobras para que eles possam inspecionar e fazer a leitura dos medidores de energia (relógio).

– Pagar as contas de energia elétrica até a data de vencimento, sujeitando-se às penalidades previstas em lei, em caso de não pagamento.

– Manter a Eletrobras informada sobre a existência de pessoa, na unidade consumidora, que use equipamentos elétricos indispensáveis à vida.

– Atualizar os dados cadastrais, principalmente em caso de mudança do responsável do imóvel.

– Comunicar eventuais alterações da atividade (residencial, comercial, industrial, rural, etc.) na unidade consumidora.

– Entrar em contato com a Eletrobras e obter informações caso a carga instalada na sua residência ou empresa ocasione um aumento de potência de energia elétrica.’

 

Tarifa Social: Um desconto consciente para quem mais precisa fazer economia.

 

A Tarifa Social de Energia Elétrica é um desconto na conta de energia elétrica criado pelo Governo Federal para famílias de baixa renda.

Os descontos:

– Até 30 kWh/mês de consumo: 65% de desconto.

– Acima de 30 kWh/mês e até 100 kWh/mês: 10% de desconto.

– Acima de 220 kWh/mês: não tem desconto.

 

Quem tem direito:

– Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com renda mensal por pessoa da família de até meio salário mínimo.

– Beneficiários da Prestação Continuada da Assistência Social (BPC): idosos e deficientes cujas famílias possuam renda mensal, por pessoa, inferior a um quarto do salário mínimo.

– Famílias inscritas no Cadastro Único com renda mensal de até três salários mínimos que tenham portador de doença que necessite de aparelhos ligados à energia elétrica de forma continuada.

– Famílias indígenas e quilombolas inscritas no Cadastro Único com renda por pessoa da família menor ou igual a meio salário mínimo ou que possuam, entre seus moradores, algum beneficiário do BPC (desconto de 100% na conta de luz até o limite de consumo de 50 kWh/mês).

 

Para obter o benefício, siga estes passos:

Procure um posto de atendimento da Eletrobras e informe:

  1. Nome;
  2. Número de Identificação Social (NIS) ou Número do Benefício (NB);
  3. CPF e documento de identificação oficial com foto.

 

Seja um consumidor consciente:

Atitudes sustentáveis garantem o futuro das próximas gerações e do meio ambiente.

 

Dúvidas, falta de energia e registro de ocorrências: 0800 082 0196

Problemas com iluminação pública: Disk Luz Maceió: 0800 031 9055

No interior do estado, procure a prefeitura da sua cidade.